Como assim, é grátis?

creative-commons

Uma idéia inovadora. A permissão para distribuição gratuita dos livros, na íntegra. Mais do que um instrumento de divulgação, um instrumento de motivação para que o leitor experimente o conteúdo. Tudo sob a proteção autoral do Creative Commons.

Chris Anderson, autor do livro “FREE”, destaca que cerca de 10% dos usuários de versões gratuitas optam pelas respectivas versões pagas, após algum tempo. Rodolfo Nakamura, editor da Farol do Forte, destaca que, em nosso sistema, a taxa de conversão chega a 20%. “Aqueles que optam pelo download gratuito, apenas, não comprariam o livro. É provável que buscassem outras versões gratuitas, modificadas, e confundissem a qualidade de nossos conteúdos com versões digitalizadas por usuários da internet. Aqui, eles vêm direto à fonte da informação, sem intermediários”.

Para Nakamura, a idéia de disponibilizar gratuitamente surgiu logo após receber um livro que acabara de ser indicado como BestSeller em uma importante revista semanal brasileira. “O processo da digitalização e da distribuição grátis é irreversível”, pensou, ainda em 2006.

Preferência – “No entanto, nada substitui o prazer do contato com um livro físico. Por isso, muitos leitores preferem o impresso”, complementa.

Valor – “Na Farol do Forte, os livros são em capa dura pois são mais duráveis (ecológicos) e oferecem acabamento luxo, mesmo com preços acessíveis e atraentes.” finaliza.

colaboracao